26 setembro, 2019

a propósito de senhores


O problema da habitação
Ruy Belo, Assírio & Alvim

da sub-secção o que capitão nenhum apaga


Caderno americano
Fabrício Corsaletti & Alberto Martins, Luna Parque

juntou-se à dança


Haikus en el corredor de la muerte
Elena Gallego & Seiko Ota, Hiperión

não rima mas parece


A arte de não acreditar em nada / Livro dos três impostores,
Organização e prefácio de Raoul Vaneigem, Antígona

voltou há pouco


O povo, meu poema, te atravessa 
 - Antologia poética de língua portuguesa nos cem anos da revolução de Outubro,
AAVV, Modo de ler

da sub-secção e antologias, não tem, pois não?


Antologia da poesia francesa (do século IX ao século XX),
AAVV, Record

livros que olham de esguelha o leitor


Nova asmática portuguesa
Nuno Moura, Mariposa azual

25 setembro, 2019

no próximo domingo, pelas 18.43h

Nuno Moura, o responsável pela invenção da trotinete invisível, do suspensório testicular de terylene, do cabrito à Nicolau Tolentino, e uma das mais proeminentes figuras da maçonaria do Laos, virá à Poesia Incompleta para uma leitura de poemas de sua autoria.

está no A


A poesia de Alberto de Serpa, Campo das letras

casados no civil


Desaparições
Alexei Bueno, Editora Exclamação


Botões
Jeanne Callegari, Corsário-Satã

um quintento do Manuel (com o gato Gaspar à mistura)


 Jukebox 1 & 2
Manuel de Freitas, Teatro de Vila Real


Cinco rosas para António Manuel Couto Viana,
Luis Manuel Gaspar e Manuel de Freitas, Averno


Cantabile
Manuel de Freitas, Alambique 


Beau séjour
Manuel de Freitas, Assírio & Alvim


Shots
Manuel de Freitas, Paralelo W

reza sobre o homem de Boliqueime?


Uma vida sem princípios
Henry David Thoreau, Opera omnia

voltou há pouco


Cisco,
Elisabete Marques, Mariposa azual

mindfulness para coveiros


Obra poética completa
 Samuel Beckett, Hiperión

uma novidade não pode durar duas semanas


Síntese e simultaneidade - Antologia de poesia futurista
Introdução, selecção e versões de Ricardo Marques, AAVV, Zanzibar

um relógio cheio de alemães


A alma e o caos - 100 poemas expressionistas,
AAVV, Relógio d´água

do homem a quem Pietra chama mestre


Canto nono
Nuno Moura, Douda correria

24 setembro, 2019

ó professora quando está em inglês e castelhano é bilingue?


Perros ladrando en la nieve
Kenneth Koch, Kriller 71

da sub-secção e antologias, não tem, pois não?


La poesía del siglo XX en Chile,
AAVV, Visor

à esquerda de quem entra


Aprender a cantar na era do karaoke
Fernando Luís Sampaio, Tinta da China

acabadinhos de entrar



Cloro,
Gabriela Gomes, Flan de Tal


Tântalo,
Alberto Lins Caldas, Flan de Tal




Lamentavelmente, até hoje um livro incompreendido pela crítica, pelo público e pelo próprio autor


Alexandre Singleto – relatório & contas
Robes Rosa – teatro para cães 
Vasquinho Dasse – histórias muito pequenas e muito más
Hélice Fronteira – gosto das mesmas palavras que tu
Regina Neri – o monstro do entrepernas
 Ivo Longomel – piudefule
Adraar Bous – beauty conteste talcum powder
Estevão Corte – estudos sobre a sexta-feira 13

Nuno Moura, Mariposa Azual

da sub-secção era antes da Marie Kondo, Herberto Helder


O problema da habitação,
Ruy Belo, Presença

também cá está


O lugar que muda o lugar,
José Manuel Teixeira da Silva, Língua morta

do verdadeiro inventor do AutoCAD


Importunar o tempo à fisga,
Luís Pedroso, Língua morta

está no C


Livro redondo,
 Catarina Nunes de Almeida, Língua morta

a propósito de senhores


A vida em chamas - Uma antologia
Luis Alberto de Cuenca, Língua morta